sábado, 9 de fevereiro de 2013

ANÁLISE - Os Cavaleiros do Zodiaco: Batalha do Santuário (Playstation 3)


Os Cavaleiros do Zodíaco: Batalha do Santuário (Saint Seiya: Sanctuary Battle)
Esse jogo é exclusivo de Playstation 3, pela Nanco/Bandai e se baseia no anime Os Cavaleiros do Zodíaco que dispensa apresentações, mas...

“Numa era mitológica distante...
Este mundo era governado pelos deuses. Eles vagavam pelo mundo da superfície, lutando incessantemente entre si. Durante estes conflitos, muitos jovens heroicos lutaram contra todas e quaisquer ameaças em defesa da deusa Atena, a deusa da batalha e a governanta do mundo da superfície. Estes guerreiros de esperança foram chamados de santos.
E agora, a era moderna... Saori, que descobrira o seu destino como Atena, leva os Cavaleiros de Bronze para o santuário a fim de purificar o maldoso e corrupto mestre. No entanto, a câmara do mestre do santuário é protegida por uma poderosa barreira. Para alcança-lá, as Doze Casas devem ser percorridas. Estas são protegidas pelos mais poderosos dos cavaleiros, os Cavaleiros de Ouro, que representam cada um, uma das constelações do zodíaco.
O Mestre do Santuário envia um cavaleiro de prata, Tremy de Sagita para intercepta-los. A flecha de ouro que ele atira atinge Saori, que aos poucos vai perdendo sua vida. Agora, restam apenas 12 horas até que a flecha atinja o coração de Saori.
O único que pode retira-lá é o Mestre do Santuário, e isso significa que o Mestre precisa ser levado até ela o mais rápido possível.
Depressa, Cavaleiros de Atena!”


Bom esse é o cenário que você encontra ao começar o game, a abertura não é a mesma do anime, porém a música é a mesma Pegasus Fantasy, em japônes.


Pois é o game está apenas legendado, confesso que isso foi uma decepção para mim, afinal a dublagem dos cavaleiros do zodíaco sempre foi referência, então mesmo na versão brasileira temos o áudio em japonês, a trilha sonora é a original do anime, ou seja, ótima.
Os gráficos são bons, as armaduras passam realmente a impressão de serem feitas pelos metais Bronze, Prata e Ouro, um exemplo é que o vermelho dos detalhes da armadura do Seiya são claramente diferentes do que o vermelho da sua roupa.










Os efeitos são bonitos e bem fieis ao anime, já os personagens... a maioria tem cara dos bonequinhos (pra falar a verdade o Shun parece a Barbie nesse game...deixa pra lá isso.), os cenários são muito bem feitos, inclusive a visão externa das casas é muito fiel ao anime.
O Game tem os modos de jogo tradicionais: História, Missão, Missão Coop e Sobrevivência.
No modo história você passa pelas 12 casas do zodíaco, refazendo os passos do anime, antes de cada casa do zodíaco você faz o caminho até ela, onde enfrenta muitos soldados do santuário e alguns cavaleiros negros e de prata, para nas casas enfrentar os cavaleiros de ouro.
Após fechar o game algumas histórias menores são liberadas, como a história de Aioros que mostra os acontecimentos de 13 anos atrás, entre outras menos complexas.
No modo Missão e Missão Coop você pode escolher qualquer cavaleiro e lutar contra uma sequencia de desafios preestabelecidos. Porém o modo Coop é bem curto com apenas 10 missões.
Ainda existe o modo Sobrevivência que é simplesmente um modo survivor, onde você enfrenta uma onda de soldados ralés e depois um boss, você pode escolher qualquer cavaleiro nesse modo também, não tem Coop.
Sim, isso mesmo não tem versus, nem local e nem on-line, apenas um ranking on-line para comparações no modo desafio, desafio coop e sobrevivencia. Além dos modos acima também tem uma galeria onde você pode conferir fotos dos action figures, vídeos, músicas e modelos 3D dos cavaleiros.

Galeria

Na Galeria é possivel assistir aos ataques em versão big bang desbloqueados.

No Gameplay o game peca pelo excesso de repetições, os comandos são simples você pode pular, atacar com ataques fortes ou rápidos, usar as técnicas especiais, usar o 7º sentido, esquivar e etc. Durante a caminhada enfrentando os soldados o game virá um Beat em’ up das antigas, você bate em um monte de inimigos, anda, bate em mais, enfrenta um sub boss e entra na casa do zodíaco.



Até aí é divertido pra caramba, porém ao enfrentar qualquer cavaleiro de ouro o game segue fielmente o anime, os cavaleiros de bronze não podem atacar de frente, senão você levará o especial dele e tomará um dano monstruoso sem quase não causar nada de dano nele, tá então como eu ataco eles você me pergunta, simples você tem que usar seu 7º sentido, como?



Esquivando usando o L1 no momento do ataque especial dele, e contra-atacando com o seu especial, sempre. Isso tornou o game bem chato contra os cavaleiros de ouro, basta esperar seu ataque e esquivar, pois não há outra forma de ataca-los. Os ataques especiais podem virar Big Bangs se você estiver iluminado pela luz de Athena, nessa forma o ataque virá um pequeno filme e é indefensável.



Além desses modos você ainda pode subir de level e turbinar seus cavaleiros tornando a vida mais fácil. Existem 5 atributos Vida, Cosmo, Ataque, Defesa e Sorte, além deles você também pode equipar habilidades que ajudam seu cavaleiro, você também pode elevar o nível das técnicas especiais dos cavaleiros tornando seu poder maior, tudo isso subindo de level ou usando os PC’s (Pontos de Cosmos) que você ganha após concluir qualquer tipo de fase ou missão.

Tela de distribuição de atributos

O grande ponto negativo do game é mesmo a câmera, que em muitos momentos é o seu pior inimigo se posicionando em pontos totalmente toscos... e normalmente faz isso quando você está em situação complicada, ou encurralado ou próximo a paredes.

DLC's disponiveis na PSNbr (09/02/2013)

- DOHKO DE LIBRA (R$10,99)
- ARMADURAS DE SEIYA, SHIRYU, HYOGA, SHUN E IKKI EM SUA SEGUNDA VERSÃO (R$10,99)
- SEIYA COM ARMADURA DE ODIN (R$10,99)
- KANON DE DRAGÃO MARINHO (R$10,99)
- JABÚ DE UNICÓRNIO (R$10,99)
- RADAMANTHYS DE WYVERN (R$10,99)
Todas as DLC's incluem o personagem e um desafio especial para o mesmo, porém não incluem nenhum troféu no game.


Agora após ler tudo isso você me pergunta se vale a pena... eu respondo sem dó!
1- Você é fã da série? Vale a pena, pois não existem muitos games dos cavaleiros, ele é fiel em tudo ao anime, porém tente encontrar um usado, pois o valor de um novo é muito alto (R$159,00) principalmente pelo tempo que você vai joga-lo.
2-      Você é um caçador de troféus? Vale a pena, os troféus são bem simples e fáceis de conquistar, é uma platina fácil. Mas alugue ou pegue emprestado, em mais ou menos 20 a 35 horas é possível platiná-lo.
3-      Você apenas gosta de jogar? Não vale a pena comprar, a história é bem curta e totalmente direcionada aos fãs e os modos extras são bem repetitivos, fora o fato de não pode jogar versus ou on-line, alugue ou pegue emprestado.






Abaixo uma comparação simples, ouvi muita gente dizendo que os graficos são de ps2... tirem suas conclusões.
Aioria de Leão na versão PS3

Aioria de Leão na versão PS2



DETONADO

Nós já temos o detonado desse game, basta clicar no relógio de fogo! Mas lembre-se jovem cavaleiro da esperança, para salvar Athena você tem que passar pelas doze casas e vencer os doze cavaleiros de ouro, que são os mais fortes dentre os oitenta e oito cavaleiros!